Avaliações e documentos atendendo a todas as legislações.

A Safety World trabalha com profissionais qualificados e equipamentos de última geração.

Nossos equipamentos possuem calibração RBC (INMETRO), mantendo total credibilidade e segurança na realização de avaliações ambientais.

Atendemos em todo o território nacional.

Higiene Ocupacional, também conhecida como Higiene do Trabalho e Higiene Industrial, é a ciência e arte dedicada ao reconhecimento, avaliação e controle de agentes ambientais que surgem no trabalho.

Higiene Ocupacioanal

É a ciência e arte dedicada ao reconhecimento, avaliação e controle de agentes ambientais que surgem no trabalho.

Alguns de nossos laudos e documentações


Esse é um programa que foi criado por meio da norma regulamentadora NR 9 pela Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho e pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Ele consiste em ações que promovem mais segurança ao ambiente de trabalho onde existem riscos ambientais, visa a preservação da saúde e da integridade física dos trabalhadores através, da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequentemente o controle da ocorrência de risco ambientais existentes, ou que venham a existir no ambiente de trabalho, levando em consideração até a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais.

Laudo Técnico é um documento conclusivo o qual possui a finalidade de documentar a existência ou não de agentes nocivos presentes no ambiente laboral, concluindo se há ensejo a Aposentadoria Especial ou não.

É documento técnico que avalia se os empregados de um determinado estabelecimento que estão expostos ou acessam alguma área com risco de explosões, inflamáveis, exposição à roubos , violência, energia elétrica, motocicletas, radiações ionizantes, radioatividades, estando este item fundamentado nas Normas Regulamentadoras 16 e no Decreto 93.412, de 14/10/1986 do Ministério do Trabalho e Emprego.

É o documento que avalia se os empregados de um determinado estabelecimento e/ou posto de trabalho estão expostos a algum agente físico, químico ou biológico capazes de causar danos à saúde, baseando nos limites máximos de tolerância expostos na Norma Regulamentadora 15 do Ministério do Trabalho e Emprego.

É um conjunto de medidas de segurança implementadas para proteger a saúde do trabalhador contra a exposição aos riscos químicos e biológicos existentes no local de trabalho. O intuito do programa é controlar as doenças ocupacionais causadas pela inalação das impurezas do ar que são prejudiciais à saúde como poeiras, névoas, fumos, vapores e gases químicos.

Constitui-se em um documento histórico-laboral do trabalhador que reúne, entre outras informações, dados administrativos, registros ambientais e resultados de monitoração biológica, durante todo o período em que este exerceu suas atividades na respectiva empresa.

Visa estabelecer procedimentos administrativos, organizacionais e de planejamento para a implantação de medidas de controle e sistemas preventivos de segurança na indústria da construção civil, visando antecipar os riscos e evitar acidentes de trabalho ou o aparecimento de doenças ocupacionais, através de uma série de medidas, ordenadamente pré-estabelecidas, a serem adotadas durante o desenvolvimento da obra.

As avaliações são realizadas no ambiente de trabalho com o objetivo de quantificar os agentes existentes no local, capazes de causar danos à saúde dos trabalhadores, sendo classificados em: Riscos Físicos, Riscos Químicos e Riscos Biológicos. Esses agentes ambientais são avaliados e quantificados conforme metodologia específica para cada tipo de agente. As avaliações ambientais são de extrema importância para subsidiar os programas de prevenção (LTCAT, PPRA, PGR, PCMAT, PPR, PCA, PPP). Dessa forma a empresa terá evidências objetivas com relação à exposição do trabalhador aos agentes existentes no ambiente de trabalhado, avaliando assim a necessidade ou não da implantação de medidas preventivas.